Menu

Mecânica dos fluidos

Equação e princípio de Bernoulli, aplicações e exemplos

Equação e princípio de Bernoulli, aplicações e exemplos

A equação de Bernoulli é um dos princípios básicos da física e da engenharia que descreve a relação entre a velocidade de um fluido e sua pressão. Este princípio é crucial para entender a mecânica dos fluidos e é usado em áreas que vão desde aerodinâmica, hidrodinâmica e engenharia de pontes.

O princípio de Bernoulli é uma expressão da lei de conservação de energia para um fluido incompressível em estado estacionário. O teorema de Torricelli é uma consequência deste princípio.

O que diz o princípio de Bernoulli?

O princípio de Bernoulli afirma que a soma da pressão estática, pressão dinâmica e pressão de velocidade em um fluido incompressível é constante ao longo de uma linha de fluxo.

Em outras palavras, se a velocidade de um fluido aumenta, sua pressão diminui e vice-versa. Esse princípio pode ser expresso matematicamente pela equação de Bernoulli, que relaciona pressão, velocidade e altura de um fluido em um determinado ponto.

equação de Bernoulli

A equação de Bernoulli em termos matemáticos é expressa da seguinte forma:

P + 1/2*ρ*v 2 + ρ*g*h = constante

Onde:

  • P é a pressão estática do fluido no ponto considerado.

  • ρ é a densidade do fluido.

  • v é a velocidade do fluido no ponto considerado.

  • g é a aceleração da gravidade.

  • h é a altura do ponto considerado em relação a um nível de referência.

A constante na equação representa a soma das pressões em outro ponto da linha de fluxo, e seu valor permanece constante em qualquer ponto ao longo da linha de fluxo.

É importante notar que a equação de Bernoulli só é aplicável em certas situações, como em fluidos incompressíveis, estado estacionário e ao longo de uma linha de fluxo. Além disso, a equação não leva em consideração fatores como a viscosidade do fluido ou a presença de turbulência, portanto pode não ser aplicável em todas as situações.

Para que serve a equação de Bernoulli?

A equação de Bernoulli é uma ferramenta fundamental na mecânica dos fluidos e é usada para descrever o comportamento dos fluidos em uma ampla variedade de situações práticas.

Algumas das aplicações mais importantes da equação de Bernoulli incluem:

  1. Projeto de tubulação e conduíte: A equação de Bernoulli é usada para calcular a pressão e a velocidade do fluxo de fluido em tubulações e conduítes, o que é essencial na engenharia civil e mecânica.

  2. Projeto de asas e aerodinâmica: o princípio de Bernoulli é aplicado no projeto de asas de aviões e outros dispositivos aerodinâmicos. A forma das asas é projetada para criar uma diferença de pressão entre a parte superior e inferior das asas, o que permite que os aviões voem.

  3. Hidráulica e Pneumática – Juntamente com o princípio de Pascal, esta equação é usada para projetar os sistemas hidráulicos e pneumáticos usados ​​no projeto de máquinas industriais.

  4. Medições de Vazão – Essa equação também é usada para medir a vazão de fluidos em uma ampla variedade de aplicações, como medir a vazão de água em uma tubulação ou a vazão de ar em um duto.

Exemplos do princípio de Bernoulli

Existem vários experimentos que podem ser realizados para demonstrar o princípio de Bernoulli e como a velocidade e a pressão estão relacionadas em um fluido incompressível. Alguns exemplos de experimentos de Bernoulli são:

Tubo Venturi

O tubo Venturi é um dispositivo usado para medir a velocidade de um fluido. O tubo consiste em uma seção cônica que se afunila no centro, causando um aumento na velocidade do fluido ao passar pela seção mais estreita.

À medida que a velocidade do fluido aumenta, a pressão diminui de acordo com o princípio de Bernoulli. A diferença de pressão pode ser medida por um manômetro, que permite calcular a velocidade do fluido.

Bola de pingue-pongue

Se uma bola de pingue-pongue for mantida em um jato de ar, a bola permanecerá suspensa no ar devido ao efeito Coandă. Este é um exemplo ideal para mostrar como o princípio de Bernoulli funciona usando o método científico.

O ar se move mais rápido ao redor da bola do que sob ela, causando uma queda na pressão no topo da bola, fazendo com que a bola seja empurrada para cima.

Asa de avião

O projeto de uma asa de avião é baseado na equação de Bernoulli. A forma curva da asa faz com que o ar que flui sobre a asa se mova mais rápido do que o ar que flui sob a asa.

Isso cria uma zona de baixa pressão na parte superior da asa e uma zona de alta pressão na parte inferior da asa, o que gera uma força ascendente (elevação) que compensa o próprio peso da aeronave.

Autor:
Data de Publicação: 24 de abril de 2023
Última Revisão: 25 de abril de 2023