Usina Nuclear Isar, Alemanha

Piscina de combustível nuclear usado

Turbina de uma usina nuclear

Nêutrons

Moderador nuclear

Moderador nuclear

O moderador é um componente que faz parte dos reatores nucleares. Está localizado no núcleo do reator. A função do moderador é reduzir a velocidade dos nêutrons nas reações de fissão nuclear.

Durante as reações nucleares de fissão, os nêutrons colidem com átomos físseis (urânio e plutônio) presentes no combustível nuclear causando fissão. Com cada reação de fissão, um ou dois nêutrons são liberados em…

+ info

Reator nuclear

Reator nuclear

Um reator nuclear é uma instalação capaz de iniciar, controlar e manter reações nucleares (geralmente fissão nuclear) em cadeia que ocorrem no núcleo desta instalação.

A composição do reator nuclear é formada pelo combustível nuclear, o refrigerante, os elementos de controle, os materiais estruturais e, no caso de um reator nuclear, o moderador nuclear.

Para construir um reator nuclear é necessário ter combustível nuclear suficiente, que chamamos de massa crítica. Ter…

+ info

Fissão nuclear

Fissão nuclear

A fissão nuclear é a reação físico-química através da qual o núcleo de um átomo é dividido. No interesse principal das reações de fissão é que por esta operação uma grande quantidade de energia é obtida. A energia nuclear é a energia contida no núcleo de um átomo e a energia que é obtida é energia térmica, energia na forma de calor.

A outra forma de exploração é através de reações…

+ info

Isótopo

Isótopo

Os isótopos são átomos cujos núcleos têm o mesmo número de prótons, mas números diferentes de nêutrons. Nem todos os átomos do mesmo elemento são idênticos e cada uma dessas variedades corresponde a um isótopo diferente.

Cada isótopo do mesmo elemento tem o mesmo número atômico (Z), mas cada um tem um número de massa diferente (A). O número atômico é o número de prótons no núcleo atômico do átomo. O número de massa…

+ info

Estrutura do átomo

Estrutura do átomo

A base de tudo relacionado à energia nuclear decorre do átomo, desde que a tecnologia nuclear é baseada na utilização de energia interna nos átomos. Portanto, para entender as reações como nucleares (fissão nuclear nuclear ou fusão) produzidos deve entender como ele está estruturado átomo.

Um átomo é a menor unidade constituinte da matéria comum que possui as propriedades de um elemento químico.

O átomo é composto de um núcleo e um ou mais elétrons…

+ info

Uranium - combustível nuclear

Uranium - combustível nuclear

O urânio é o combustível nuclear mais utilizado em reações de fissão nuclear. É um elemento natural que pode ser encontrado na natureza. No entanto, para poder usar urânio em um reator nuclear, deve sofrer algum tratamento.

Para conhecer as peculiaridades que tornam o urânio tão diferente das outras substâncias, devemos primeiro considerar alguma física nuclear básica.

Considerações físicas básicas de urânio

Um átomo de um núcleo e elétrons…

+ info

Àtomo

Àtomo

O átomo é uma estrutura na qual a matéria é organizada no mundo físico ou na natureza. Átomos de formar moléculas, enquanto que átomos, por sua vez são formados por componentes subatómicas como protões (carregado positivamente), neutrões (não carregadas) e electrões. (com carga negativa).

De uma forma gráfica, o que é um átomo? Vamos imaginar que temos um pedaço de ferro. Nós dividimos. Ainda temos dois pedaços de ferro,…

+ info

Central nuclear

Central nuclear

Uma usina nuclear é uma instalação para obter energia elétrica usando energia nuclear.

Sua operação é semelhante à de uma usina termelétrica ou de uma usina termoelétrica: a termodinâmica é usada para obter calor de uma fonte de energia, com calor a vapor e com vapor para acionar uma turbina que gerará eletricidade.

A diferença entre os diferentes tipos de instalações elétricas está na fonte de energia: uma usina nuclear aproveita o calor liberado nas reações…

+ info

Teoria atômica

Teoria atômica

Em física e química, a teoria atômica é uma teoria científica da natureza da matéria, que afirma que a matéria é composta de unidades chamadas átomos. A teoria atômica começou como um conceito filosófico na Grécia antiga e entrou na corrente principal do século XIX, quando descobertas no campo da química mostraram que a matéria realmente se comporta como se fosse um átomo.

A palavra átomo se origina no adjetivo atômico do grego antigo, que significa "indivisível".…

+ info

Tipos de reatores nucleares

Tipos de reatores nucleares

Os reatores nucleares podem ser classificados de acordo com diferentes critérios. Um dos critérios é o propósito para o qual eles serão usados. A esse respeito, distinguimos os tipos de reatores nucleares usados ​​para fins civis, para propósitos militares ou para fins de pesquisa.

Reatores nucleares civis usam energia nuclear para gerar energia para eletricidade; reatores militares criam materiais que podem ser usados ​​em armas nucleares, como a bomba atômica; e pesquisa de reatores nucleares usados ​​para…

+ info

Energia atômica

Energia atômica

A energia atômica vem do átomo, é a energia que une nêutrons e prótons dos núcleos dos átomos. Sabe-se também como a energia nuclear, que vem do núcleo. O nome energia nuclear é usado porque a maior parte da energia de um átomo reside em seu núcleo.

Duas partes do átomo, o núcleo e a crosta são diferenciados. No córtex, um número indeterminado de elétrons orbita em torno do núcleo. O núcleo é composto de um número indeterminado de nêutrons e prótons. A quantidade de prótons no núcleo determinará o elemento que o átomo é tratado (ferro, hidrogênio, etc.).

Neutrons…

+ info

Acidente nuclear da Tokaimura, Japão

Acidente nuclear da Tokaimura, Japão

A instalação de tratamento de combustível de urânio está localizada em Tokaimura (Japão), 120 km a nordeste de Tóquio, na Prefeitura de Ibaraki. Atualmente é propriedade da empresa JCO.

O acidente nuclear da instalação ocorreu em 30 de setembro de 1999, no prédio de conversão da usina nuclear.

A instalação consiste em três edifícios auxiliares de conversão de urânio:

Fusão nuclear

Fusão nuclear

A fusão nuclear é uma reação nuclear através da qual dois núcleos leves de átomos, geralmente hidrogênio e seus isótopos (deutério e trítio), são combinados formando um núcleo mais pesado. Esta ligação é geralmente acompanhada pela emissão de partículas (no caso de núcleos de deutério um nêutron é emitido). Esta reação de fusão nuclear libera ou absorve muita energia sob a forma de raios gama e energia cinética das…

+ info

Refrigerante

Refrigerante

Um refrigerante em um reator nuclear é uma substância líquida ou gasosa que passa através do núcleo do reator e remove o calor da reação da fase nuclear.

Em reatores de dupla energia de circuito, ou fluido de refrigeração não entra em nenhum gerador de vapor, que produz vapor que aciona turbinas, e em reatores de um único circuito refrigerante (vapor ou gás) podem servir como ciclo de fluido de trabalho da turbina. Investigação (por exemplo, materiais de ciência) e reatores especiais…

+ info

História da energia nuclear

História da energia nuclear

Para explicar a história da energia nuclear poderíamos distinguir três grandes etapas:

  • Estudos científicos físicos e químicos dos elementos. 
  • O desenvolvimento da bomba nuclear durante a Segunda Guerra Mundial.
  • Utilização da energia nuclear no domínio civil.

Os estudos científicos cobrem este período inteiro desde que os primeiros filósofos gregos começaram a definir átomos, até o desenvolvimento da primeira bomba nuclear. Nesse processo,…

+ info

Urânio enriquecido

Urânio enriquecido

O urânio enriquecido é o urânio que passou por um processo tecnológico para aumentar a proporção do isótopo do urânio-235. Como resultado, o urânio natural é dividido em urânio enriquecido e urânio empobrecido.

O urânio natural contém três isótopos de urânio: o urânio-238 (99,2745%), o urânio-235 (0,72%) e o urânio-234 (0,0055%). O isótopo urânio-238 é um isótopo relativamente estável, incapaz de…

+ info

Reator de água pressurizada

Reator de água pressurizada

O reactor de água pressurizada nuclear é o tipo de reactor nuclear mais utilizado em todo o mundo em centrais eléctricas nucleares que produzem electricidade. Actualmente, existem mais de 230 reactores nucleares no mundo fabricados com o sistema de água pressurizada. É também conhecida pela sigla PWR (Pressurized Water Reactor). A sua característica principal é a utilização de água sob alta pressão no circuito primário para evitar que ele entre em ebulição.

Dentro construção…

+ info